A Hipnoterapia é um método terapêutico que se desenvolve num estado de relaxamento induzido naturalmente, semelhante ao sono leve que facilita a focalização da atenção, da concentração, do discernimento. E tende a tornar o indivíduo mais permeável à sugestão.

São utilizadas várias técnicas de hipnose e regressão para conduzir a pessoa a encontrar por ela mesma, a solução para diferentes problemas.

        Estes estados modificados de consciência facilitam a conexão dos processos conhecidos como inconscientes com o processamento da mente mais consciente e racional. São estes os dois pontos focais que resultam numa consciência ” elíptica ” e podem permitir à pessoa, no final das sessões, lembrar-se do que ocorreu nesse estado hipnótico. Nestes estados visa-se a possibilidade da auto-compreensão, assim como o acesso e alívio dos conflitos internos do presente e do passado. Esta terapia tende a desenvolver no momento, a perspicácia e o discernimento que pode permitir compreender e analisar de uma forma simples, mas objetiva, as suas próprias necessidades terapêuticas. Esta terapêutica visa o restabelecimento da sua saúde física e mental.

        A hipnoterapia sugestiva tem a finalidade de combater a influência dos condicionamentos negativos, através da reeducação da forma de pensar da pessoa. Da mesma forma que se aprendem pensamentos e comportamentos indesejáveis, pode-se também aprender pensamentos e comportamentos desejáveis a partir da compreensão da natureza desses mesmos pensamentos, estados emocionais e comportamentos que poderão estar a gerar um mal-estar significativo e/ou estados patológicos. Nessa perspetiva, esta abordagem visa melhores formas de pensar, procurando o caminho da mudança rumo à saúde, positivismo e bem-estar.

        A hipnoterapia de regressão está direcionada para a localização das cargas e estruturas do passado não assimiladas e reprimidas.

Esta terapia procura descobrir e assimilar episódios com a revivência e a consequente catarse*  promovendo o discernimento, a compreensão. Posteriormente ocorre a integração dos assuntos inacabados para a libertação da sua influência negativa, com base na sabedoria interna e autoconhecimento da pessoa.

Muitas dificuldades do presente podem ter origem em experiências passadas que não foram devidamente compreendidas nem assimiladas, permanecendo reprimidas na parte da mente conhecida como inconsciente. Sendo suscetíveis de serem reativadas a qualquer momento, por estímulos semelhantes, podendo desencadear sintomas psicológicos ou psicossomáticos **. 

 

* Catarse – deriva da palavra grega “katharsis”, que significa purgação ou purificação, libertação e descarga emocional, pode ocorrer nos diversos tipos de psicoterapia e pode conduzir à paz emocional, mental e vital (equivalente ao conceito chinês ” Tao “, a perfeição dentro do imperfeito aceite).

** Psicossomático – diz respeito aos distúrbios orgânicos e funcionais favorecidos ou agravados por fatores psicológicos ou outros conflitos inconscientes.

 

Consulte o artigo Segredos da hipnoterapia em: www.medicinaintegrativa.pt/segredos-da-hipnoterapia/